Beleza Palpites

Dicas para acertar em cheio no blush!

Que o BLUSH é um super aliado e faz muita diferença na hora da maquiagem, isso nós sabemos. Mas quem é que não tem medo de errar na hora de passar? Para os especialistas, não é necessário fazer drama ou deixar de usar esse produtinho por medo. A dica essencial é experimentar! Só testando você vai ter a certeza e a segurança do que é melhor para o seu rosto. Separei algumas dicas pra dar um “help” na hora da make-up, vamos lá?

Escolha da cor

A escolha da cor deve ser feita a partir da harmonização com o tom de pele:

Pele muito clara

15

As mais branquinhas devem evitar o blush em tom marrom ou rosa aberto. Para elas, a melhor aposta é a mistura entre pêssego e rosa, mas sempre de forma suave e com pouco brilho.

Pele clara

blush makeup

As que possuem a pele um tom mais escuro, mas ainda na linha de pele clara, podem explorar mais cores, mas evitando tons fortes como o rosa pink.

Pele morena

blush

Nesse caso, a cor que não é indicada é o terracota. Se você faz parte do grupo das morenas, é melhor evitar. Aposte nos rosados, que ajudam a quebrar o tom da pele, fazendo um equilíbrio.

Pele negra

blush

As negras devem tomar cuidado apenas com tons claros de rosa, que oferecem um acabamento mais seco. A aposta, então, é nos tons mais fortes como vinho e bronze escuro.

Escolha da textura

Cada textura de blush tem suas vantagens e desvantagens na hora de aplicar. Escolha seu tipo favorito:

blush textura

1.Pó: o blush em pó é um dos mais comuns, podendo vir em pó solto ou compacto, além de poder ter 1 cor, 2 cores ou um mosaico de cores. Ele é o tipo mais fácil de usar e é indicado para quem tem a pele jovem e gosta de aplicar o produto usando pincel.

2.Creme: o blush em creme pode vir em potes ou bisnagas. Sua aplicação pode ser feita com os dedos e deve vir logo após a base. Os blushes em creme, mousse e líquido são ideais para peles maduras, pois se espalham melhor mesmo com as linhas de expressão.

3.Mousse: o blush mousse é similar ao creme, porém mais consistente na textura. Deve ser aplicado com cuidado para não ficar forte demais no rosto. É ideal para levar em viagens, pois, diferente do pó, não “derrama” espalhando blush na sua necessaire que vai na mala.

4.Líquido: o blush líquido parece uma tinta e sua aplicação pode ser meio complicada, devido à possibilidade de manchar a pele se não for bem espalhado. Para passa-lo, pingue duas ou três gotinhas no local e espalhe esfumando com o dedo. Cuidado ao esfumá-lo para não acabar removendo a base.

  1. Bastão: o blush em bastão é prático para carregar na bolsa e usar no dia a dia, afinal sua embalagem em geral é mais resistente, similar à de um batom. Para aplica-lo, faça uma bolinha com o bastão na maçã do rosto e esfume com os dedos. Deve ser aplicado antes do pó facial.
  1. Pérolas: as pérolas possuem aplicação e efeito similar ao blush em pó. A diferença é que ele vem no formato de bolinhas, e, em alguns casos, pode ter bolinhas de diferentes tons de blush, como os blushes mosaicos.

Como aplicar

A aplicação do produto pode ser feita com pincel ou diretamente com as mãos, de acordo com a cobertura desejada ou a textura do produto. Para os produtos em pó, o ideal é usar pinceis. Já as versões em creme e líquido podem ser espalhadas no rosto com os dedos, mas sempre com o cuidado de esfumar bem para evitar que o produto fique muito marcado na pele.

pincel de blush

1.Pincel tradicional: bem fácil de ser encontrado em qualquer perfumaria. A função dele é fornecer um efeito bem natural ao blush, e garante isso graças às suas cerdas amplas, que esfumam o produto;

2.Pincel chanfrado: mais fino e inclinado, fornece uma pigmentação mais forte e marcada;

3.Pincel Duo Fiber: ótimo para blushes cremosos, ele espalha uniformemente o produto. Pode ser uma boa saída para quem prefere pigmentações fortes, pois permite um efeito esfumado;

4.Kabuki: menor que o tradicional, mas capaz de fornecer um efeito natural e uniforme. Não exagere na quantidade de blush quando usar esse tipo de pincel;

5.Pincel Kabuki chanfrado: esse tipo fornece um resultado mais forte na pele. Mais fino que o chanfrado anterior, as adeptas a esse tipo de pincel devem ficar atentas à marcação do rosto com excesso de produto.

E por fim, a aplicação em cada tipo de rosto – fica bem fácil visualizar com esses quadrinhos explicativos:

blush tipos de rosto tipos de rosto blush

Meninas, não se esqueçam: quando se trata de blush, a “dica de ouro” é não exagerar. Ele nunca deve ficar marcado demais no rosto, mas apenas dar um toque “corado” à sua pele, para passar uma impressão de saudável. Não exagerem na aplicação que o blush vai te deixar ainda mais linda!!!

blush blush blush blush blush

Se inscreva no canal: Palpite de Luxo Oficial

Siga o instagram: @palpitedeluxo

Curtam a fan page: Palpite de Luxo

E-mail: [email protected]

Beijinhos,

♡♡Raquel ♡♡